FETRACOM | Fetracom - Federação dos Trabalhadores no Comércio nos Estados de Goiás e Tocantins

Notícias

Notícias Filiados

SECEG CONSEGUE ACORDO COM BANCO ITAU PARA PAGAMENTO DE SEGURO DE VIDA

Publicado em : 21/12/2017

 

           Antônio Luiz dos Santos, após inúmeras tentativas para recebimento da apólice de seguros, frente ao Banco Itaú, proveniente da morte de seu companheiro Alexandre Mendes de Sousa, ocorrido no final do ano de 2015, em decorrência de uma doença crônica e degenerativa.

 

           Constituiu como suas procuradoras, advogadas do SECEG e desabafou: “Eles não poderiam fazer isso, visto que legalmente, eu sou herdeiro”.

 

         Com a volição peculiar destas advogadas, no intuito de reparar tal ato de injustiça, conseguiram em pouco mais de três meses, acordo com o Banco Itaú, recebendo o valor integral da apólice contratada.







Saiba quais são os direitos do consumidor endividado

Saiba quais são os direitos do consumidor endividado

 14/09/2018

 Uol Economia

  O consumidor que perdeu o controle das contas e acabou com o nome sujo também tem seus direitos garantidos. Segundo a legislação, as empresas podem solicitar que as entidades de proteção ao crédito, como SPC Brasil e Serasa [...]




SECEG PROMOVE SEMINÁRIO DO E-SOCIAL

SECEG PROMOVE SEMINÁRIO DO E-SOCIAL

 10/09/2018

 SECEG

  Seminário: Análise Prática da Implantação do E-Social   Data: Próxima quinta-feira, dia 13   Horário: No período da tarde das 14h às 18h   Investimento: Apenas R$ [...]


Crise faz mulheres se virarem com comércio ambulante

Crise faz mulheres se virarem com comércio ambulante

 10/09/2018

 Folha de São Paulo

Vendedora ambulante Lúcia Severina No começo de 2015, Lucia Severina, 49 anos, não encontrava mais trabalho como diarista em São Paulo. Na época, a crise econômica já se aproximava e, apesar da procura, as oportunidades estavam escassas. Para [...]


Reforma trabalhista trouxe mudança para ações

Reforma trabalhista trouxe mudança para ações

 10/09/2018

 O Popular

Prestes a completar dez meses (entrou em vigor em 11 de novembro do ano passado), a reforma trabalhista alterou profundamente o modo de pedir na Justiça do Trabalho. Agora, as ações estão mais enxutas, sob todos os aspectos, tanto pelo número de pedidos [...]